Alzheimer → Conheça Mais Sobre Esse Mal e Veja Tratamentos!

O Mal de Alzheimer é uma doença que afeta a memória e grandes funções mentais. Caracterizada por ser uma doença neuro-degenerativa, ou seja, que provoca perda ou declínio das funções cognitivas, e, assim, interfere diretamente na personalidade da pessoa.

A doença é terrível tanto para quem sofre quanto ao entorno dessa pessoa, os familiares, principalmente os mais próximos. Ela se caracteriza por, no início, estar ligada à memória recente da pessoa. A memória “antiga”, de anos atrás, pode ser lembrada, mas, por exemplo, à tarde, pode esquecer o que fez na manhã do mesmo dia.

O Que é o Alzheimer?

A vida da pessoa que sofre com esse mal é diretamente afetada. Com a evolução da doença, partes do cérebro são afetadas, como a capacidade de aprender, de prestar atenção, linguagem e de compreensão. E, assim, a pessoa vai se tornando cada vez mais dependente de outros.

Alzheimer o que e

O Mal de Alzheimer é um tipo de demência, incurável, caracterizado danificar e causar perda de habilidades comuns do dia a dia, impossibilitando a pessoa nas questões intelectuais e sociais. A perda memória da memória acontece porque essas células degeneram e morrem, não ficando “armazenadas”.

Essa Doença Tem Cura?

Mesmo com o avanço diário da medicina tanto nas questões neurológicas como em outras, a doença ainda é incurável. Quanto antes for diagnosticada, existem alguns medicamentos que são usados para o tratamento do Alzheimer. Porém, infelizmente, não existe cura. Esses medicamentos não são capazes de impedir o “crescimento” da doença.

Geralmente essa doença ocorre com pessoas idosas, e é consequente da idade avançada. A família deve estar muito atenta pois, o paciente sente vergonha e tenta esconder os ocorridos. Qualquer esquecimento deve ser analisado, mesmo que não seja caracterizado como doença.

Em Que Idade a Doença se Manifesta?

Alzheimer idadeAs manifestações de esquecimento são “normais” na idade avançada. O que a família deve estar atenta é a frequência desses acontecimentos. E a diferença de tempo em que esses episódios aconteceram. Por exemplo, a pessoa, à noite, esquecer o que comeu à tarde é um fato para que haja uma análise.

Geralmente, os casos mais frequentes acontecem com pessoas de 65 anos de idade ou mais. Parentes de primeiro grau que já tiveram a doença aumentam os riscos. Porém, não é considerada uma doença hereditária.

Quais as Causas do Alzheimer?

As causas, assim como a cura, ainda são desconhecidas pela medicina moderna. Acredita-se que existam fatos, fragmentos do cérebro que sofrem lesões, e que deixam grandes marcas no paciente. Outra característica é referente aos neurônios.

As sinapses são as trocas e ligações entre os neurônios e, na doença de Alzheimer, essas ligações não acontecem. Potencializando a degeneração progressiva do volume cerebral. Também há estudos que comprovam que os sintomas de demência já estariam “instalados” no cérebro.

Qual o Tratamento Recomendado?

Alzheimer tratamentosReforçando, infelizmente ainda não há cura para a doença. Mas existem tratamentos que podem deixar a vida do paciente um pouco melhor. No SUS existe o Programa de Medicamentos Excepcionais que conta com três medicamentos. Porém, estes, não impedem a evolução da doença.

Existem outros tratamentos voltados à área psiquiátrica, calmantes e para controlar a agressividade. São mais comuns em idosos diagnosticados com demência. Infelizmente é uma doença que, com o passar do tempo, afeta as habilidades físicas dos pacientes, como a deglutição ocorrendo desequilíbrios com as necessidades fisiológicas.

Se você ou algum familiar está passando por eventos parecidos com os relatados aqui, procure a unidade de saúde ou o médico mais próximo para um melhor entendimento da doença e não busque a automedicação!


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nenhuma avaliação ainda)
Loading...

Leave a Reply